Apoio:

CULTURA_FAN_PERIODO_ELEITORAL-01.png
lopes-tintas_logo.gif
Brasileranza_Logo.gif
horti fruti sol nascente.jpeg

onde

Com um histórico de ocupação singular iniciado nos anos 70, o Morro do Palácio tem sua história de formação e pertencimento invisibilizados pela mídia, reforçando um clichê dramático-policial. Nosso objetivo é construir outras tantas narrativas não contadas deste território e de quantos mais for possível.

 

A conexão com a comunidade é o nosso caminho e, para tanto, nos empenhamos em conhecer e apresentar as pessoas que compõem e enriquecem o bairro. Seja nos muros, seja nas telas, durante toda a nossa programação presencial e virtual reforçamos as, já iniciadas, investigações cartográficas no âmbito do afetivo.

_MG_9224.jpg

Cuíca Residência Artística busca ampliar a investigação, debate e a experiência artística ao unir artistas visuais afrobrasileiros de Campo Grande (MS), São Luís (MA), Manaus (AM), Camaragibe (PE) e Cotia (SP) a artistas locais de Niterói para uma intervenção urbana coletiva. Exploraremos ao máximo as múltiplas possibilidades em torno do lambe-lambe, que por si só já se caracteriza como uma das expressões mais democráticas do ponto de vista tanto técnico-artístico (pois quase tudo cabe no papel), quanto do ponto de vista financeiro de produção (há um notável barateamento de custos em torno do material usado se comparado à outras mídias). Tudo isso inserido no contexto singular do Morro do Palácio.

o que

por que

7374835170_c43f45c790_z-e1454584014921_e
7374835170_c43f45c790_z-e1454584014921_e
7374835170_c43f45c790_z-e1454584014921_e
7374835170_c43f45c790_z-e1454584014921_e
7374835170_c43f45c790_z-e1454584014921_e
7374835170_c43f45c790_z-e1454584014921_e
7374835170_c43f45c790_z-e1454584014921_e
7374835170_c43f45c790_z-e1454584014921_e

Além daquele instrumento que todos conhecemos, Cuíca é um bichinho de olhos esbugalhados e atentos - e que emite um som bem agudo - parecido com o tal barulho daquela outra cuíca. Algumas espécies só existem aqui no Brasil, sabia? A Cuíca é um marsupial, prima dos cangurus e gambás, esses bichos que carregam as crias numa bolsa na barriga. Têm espécies de cuíca que carregam o filhote literalmente nas costas.

São difíceis de serem vistas porque são muito pequenas, alguns filhotes são menores que uma moeda de 1 real. Andam escondidas por aí, às vezes de noite, às vezes camufladas na terra, mas, ao mesmo tempo que andam na encolha, são grandes dispersoras de sementes!

CUÍCA foi o nome que escolhemos para nossa primeira residência artística porque quando vemos uma cuíca nos vemos.

Nossa cena ainda é pequena, pouco visível no contexto das Artes Visuais e quase camuflada nos muros esperando olhares mais atentos. Sim, ainda somos pequenos como uma cuíca, mas nos articulamos, nos fortalecemos e fazemos um barulho danado quando nos organizamos. Dispersamos sementes. E assim seguimos, nos dando força, apoiando chamadas e eventos, dispostos a carregar os nossos nas costas quando necessário. Estamos aí, ano após ano, plantando sementes e germinando iniciativas pra colher estes frutos.

CUÍCA CUÍCA

CUÍCA CUÍCA

CUÍCA CUÍCA

CUÍCA CUÍCA

CUÍCA CUÍCA

CUÍCA CUÍCA

CUÍCA CUÍCA

CUÍCA CUÍCA

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

MORRO DO PALÁCIO

artistas

AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ AM MS PE SP MA RJ 

Kerol.jpeg
Kerolayne 
Kemblin (AM)
Mário
Bros (PE)
Bros.JPG
Silvana
Mendes (MA)
Mareco.jpg
Leonardo
Mareco (MS)
Roni
Evangelista (SP)
Roni.JPG
Matheus Melo Mendes (RJ)
Silvana Mendes.JPG
Matheus.jpg
1/13

Idealização e Direção Artística: Alberto Pereira

Produção executiva: Livia Egger

Produção local: Thaynná Curcino

Articulador voluntário: Josemias Moreira

Artistas residentes: Kerolayne Kemblin, Leonardo Mareco, Mario Bros, Ronison Evangelista e Silvana Mendes 
 

Artista local convidado: Matheus Melo Mendes

Depoimentos: Almir Sodré e Declar Sodré (Dona Alaíde), Salvadora Dias e José Carlos Max Mendes Sobral "Botinha" (Paulinho), Luiza Pinheiro, "Paulista" e Vitor Mota.

Direção de fotografia: Fábio Setti
Fotografia: João Baraúna
Curadoria: Agathae Montecinos, Davi Baltar e Silvana Marcelina

Mentorias: Alberto Pereira, Aza Njeri, Carolina Herszenhut e Hugo Oliveira 

cuica_azul_vertical.png